8 dicas para evitar que sua conta no Facebook Ads seja bloqueada

Como não ter uma conta de anúncios bloqueada pelo Facebook?

Se você é um empreendedor e vende seus produtos pela internet, é muito provável que boa parte dos seus clientes conheceram seu produto por anúncios no Facebook.

É estimado que atualmente o Facebook chegue a analisar anúncios de cerca de 5 milhões de páginas de negócios por dia para decidir se devem ou não ser publicados.

Também sabemos que para conseguir fazer isso ele utiliza códigos e algoritmos que infelizmente não são perfeitos.

Isso significa que todos os meses, milhares de empreendedores têm suas contas no Facebook Ads bloqueadas e muitos deles além de não saberem o que fizeram de errado, provavelmente foram apenas pegos erroneamente pelo algoritmo da plataforma.

Na Upnid estamos diariamente em contato com clientes que precisaram lidar com esse problema.

Por oferecermos um produto que possibilita empreendedores venderem pela internet, estamos constantemente inseridos no mercado de vendas online e sabemos o quão frustrante e prejudicial um bloqueio desses pode ser para seu negócio.

Grande parte de nossos clientes utilizam o Facebook como fonte principal de geração de tráfego e muitos deles já receberam bloqueios. Por esse motivo decidimos criar esse post com objetivo de juntar todas as informações que recebemos deles e com isso passar para você algumas dicas muito importantes para que:

- Você tome as precauções e não tenha sua conta de anúncios banida.

- Saiba como proceder caso isso aconteça algum dia.


E se o bloqueio já aconteceu? O que faço?

Fique calmo. O bloqueio é algo que já aconteceu com os maiores nomes do marketing digital brasileiro e pode ser revertido. Abaixo você encontrará um artigo especial que criamos com o objetivo de auxiliar empreendedores digitais a agirem após um bloqueio dessa natureza.

O que fazer após ter uma conta de anúncios bloqueada no Facebook?

Antes de mais nada lembre-se: o processo de recuperação de conta ou criação de uma nova pode se tornar bastante custoso. Por isso, atente às dicas que separamos abaixo e evite que um bloqueio desses volte a acontecer com seu negócio.

1 - Distribua seus anúncios em diferentes contas.

Se você tem um negócio digital e deseja utilizar o Facebook como uma alternativa para anunciar, esse é um passo extremamente importante de ser seguido.

Antes de qualquer outra ação: crie uma conta no Gerenciador de Negócios do Facebook.

Isso é extremamente importante pois além de diminuir seu risco de ter uma conta bloqueada, essa prática também diminuirá o risco do seu negócio ficar sem um canal para anunciar caso uma de suas contas de anúncio seja banida.

Criar uma conta no Business Manager do Facebook será vantajoso por 2 grandes motivos:

a) No Gerenciador de Negócios você pode cadastrar até 5 contas de anúncio com diferentes métodos de pagamento cada.

Caso uma de suas contas de anúncios seja banida, você ainda poderá continuar rodando seus anúncios nas demais contas cadastradas.

Além dessa redução de risco, uma das principais vantagens de ter mais de uma conta de anúncios é o fato de poder distribuir suas campanhas entre elas.

Com seus anúncios distribuídos em suas contas, ficará mais difícil ocorrer de uma conta ter mais de um anúncio recusado pelo Facebook. Com menos anúncios recusados por conta, sua chance de receber um bloqueio em uma delas é bem menor.

Por outro lado, você não tem nenhuma dessas vantagens caso tenha criado uma conta de anúncios a partir de uma conta pessoal no Facebook.

Caso você tenha feito isso e sua conta vier a ser banida, você poderá ficar impedido de criar uma nova conta com seus dados, ficando dependente de um amigo ou parente para voltar a anunciar.

b) É infinitamente mais fácil gerenciar seus anúncios e criar diversas contas se você utiliza a plataforma “Gerenciador de Negócios” se comparado a rodar anúncios da sua conta pessoal no Facebook.

Com uma conta no Gerenciador de Negócios você pode analisar rapidamente as métricas importantes para suas campanhas e editá-las com poucos cliques.

Já na conta pessoal o processo fica bem mais limitado e difícil.

2 - Atente à sua Landing Page:

Por incrível que pareça, o algoritmo e os colaboradores do Facebook não analisam somente seus anúncios, mas também checam a página que seus clientes chegarão após clicarem neles (Landing Pages).

O objetivo deles é analisar se sua Landing Page está em conformidade com as regras da plataforma e determinar por consequência a validade do anúncio e/ou de sua conta.

Esse é inclusive um dos motivos mais comuns para que aconteçam bloqueios, exatamente porque os empreendedores normalmente não chegam a imaginar que a análise feita por eles possa ser tão minuciosa.

Abaixo temos os pontos mais importantes que são levados em conta na análise:

Consistência

Atente bastante à consistência entre seus anúncios e a sua Landing Page.

Tente usar palavras e imagens similares na copy do seu anúncio e na sua landing page. Se puder replicar a mesma headline nos dois será ideal.

Isso mostrará rapidamente para o Facebook que há uma grande conexão entre o que você está ofertando e o que está oferecendo.

Veja abaixo o exemplo de um anúncio da plataforma Udemy:


E abaixo a página de destino. Note como a headline é idêntica:

Por fim, o usuário de sua página precisa saber exatamente o que receberá quando aceitar sua oferta. Deixe bem claro na sua Landing Page: ele receberá um vídeo, pdf ou terá algum representante de vendas ligando para ele na próxima hora comercial?

Informações de contato do negócio

A página que seu cliente chega após clicar em seu anúncio deve conter o nome e o endereço completo do seu negócio, sua logo e se possível links para sua política de privacidade e termos de uso.

Uma dica bastante usada é adicionar uma nota de “não afiliação” no rodapé que mostre que sua página não está afiliada ao Facebook de nenhuma maneira.

Isso ajudará seu anúncio ser aprovado e se necessário servirá como um argumento no futuro para mostrar ao representante do Facebook que você está disposto a anunciar seguindo as regras da plataforma.

Exemplo:

"Essa página não faz parte da página Facebook nem tem qualquer ligação com a empresa"

Pop Ups

O Facebook leva muito em conta a experiência que seus usuários têm mesmo depois de clicarem em anúncios e irem para páginas fora da plataforma.

É por essa razão que todos anúncios que direcionam para páginas que tenham  pop-ups, pop-overs, pop-unders ou qualquer tipo de vídeo ou áudio que comece a tocar sem a permissão do usuário serão eventualmente bloqueados.

Ao invés de usar estratégias assim, opte por pop-ups lightbox, que são aquelas que apesar de deixarem o fundo da página mais escuro, não impedem o usuário de fechá-la ou sair da página.

É aconselhável que você configure que esse tipo de pop up apareça apenas mediante a um clique do usuário em algum botão. Abaixo temos um exemplo de um Pop Up Lightbox de uma loja de roupas australina, a La Maison Talulah:


3 - Remova anúncios com muitos feedbacks negativos

Um dos principais objetivos do Facebook é garantir que seus usuários tenham uma boa experiência enquanto navegam na plataforma. É por essa razão que ele irá desabilitar sua conta e banir seus anúncios caso estiverem recebendo um número excessivo de feedback negativo.  

E como lidar com isso?

A melhor forma é acompanhar cada campanha em suas contas de anúncios e ao identificar um anúncio que esteja com baixa performance: deletá-lo.

Seja rápido em identificar um anúncio que possivelmente esteja incomodando os usuários e remova-o. Isso irá garantir que o Facebook não marque sua conta.

Uma forma fácil de fazer essa análise é através do acompanhamento da nota de relevância dada pelo Facebook para seus anúncios:

Essa nota reflete diretamente o feedback que os clientes estão dando no anúncio: se está tendo bastante cliques, compartilhamentos e comentários bons sua nota será alta.

Por outro lado, se muitas pessoas ocultarem, reportarem seu anúncio ou fizerem comentários negativos, sua nota de relevância diminuirá.

Notas abaixo de 5 devem chamar sua atenção e levá-lo a dar uma olhada nos comentários. Caso identifique muito feedback negativo é aconselhável excluir a campanha e criar uma nova com segmentação e copy diferentes.

Porém, diferentemente do que muitos acreditam, deletar comentários negativos pode levar ainda mais facilmente o Facebook a bloquear seu anúncio.

O fato de você estar deletando comentários de seus anúncios levantará suspeitas rapidamente e o algoritmo do Facebook marcará sua conta.

A melhor opção nesse caso é respondê-los com educação e gentileza.

4 - Adeque seus anúncios à Política de Privacidade do Facebook

Apesar de extremamente importante, essa é provavelmente uma das ações mais negligenciadas: entender a fundo a Política do Facebook relacionada a anúncios.

Pela nossa convivência com diversos empreendedores digitais, notamos que é bastante comum eles terem suas contas de anúncio banidas por falta de conhecimento sobre as regras do jogo, e isso é um erro muito simples de ser evitado.

O documento que descreve essas regras leva em média uma hora para ser lido e possui diversas imagens, o que torna a leitura mais fácil ainda. Algumas das infrações mais comuns são:

Conteúdo sexualmente sugestivo: Excesso de pele à mostra, mesmo que não tenha natureza sexual é proibido, assim como a promoção da venda ou uso de produtos ou serviços adultos, exceto anúncios de planejamento familiar ou contraceptivos.


Imagens com excesso de pele à mostra. Proibidas no Facebook.

Conteúdo falso ou enganoso: O Facebook normalmente é bastante restritivo à copies muito agressivas. Mesmo que você não esteja prometendo algo impossível, tenha muito cuidado e prometer algo que não parece realista.

Esteja atento em ofertar exatamente aquilo que o cliente receberá e deixe claro o que precisará ser feito para ele obter aquilo:

O que pode:

O que não pode:


Atributos pessoais - É importante levar sempre em consideração que o Facebook não permite anúncios que incluem conteúdo que declare ou sugira atributos pessoais.

Palavras como “você” e “outros” levantam suspeitas dos algoritmos, já que o Facebook não permite que o anunciador sugira que o usuário tem determinada característica ou pertence a determinado grupo.

Também não são permitidas imagens que mostram comparativos do tipo: “antes” e “depois”.

O que pode:

O que não pode:

5 - Comece devagar

Se você criou recentemente sua conta de anúncios no Facebook, lançar logo de cara campanhas de mais de mil reais irá levantar suspeitas.

A dica aqui é ir crescendo aos poucos o valor gasto em seus anúncios, sempre seguindo as políticas do Facebook.

Dentro de algumas semanas a plataforma já estabelecerá que sua conta é confiável e você poderá aumentar o número de campanhas e seu orçamento.

Sabemos que isso é um desafio, pois muitas vezes seu negócio já tinha atingido uma demanda por tráfego muito alta na época do bloqueio.

Para contornar esse problema tente diversificar o máximo possível. Use alternativas ao Facebook Ads, como o Google Ads ou Native Ads.

Dentro do próprio Facebook é possível diversificar distribuir melhor seus gastos sem levantar suspeitas no algoritmo.

Para isso voltamos à primeira dica: não deixe de ter uma conta no Gerenciador de Negócios e com ela criar diversas contas de anúncios.

6. Remova anúncios não aprovados ou bloqueados

O algoritmo do Facebook pode testar seus anúncios antigos. Se uma conta tem diversos anúncios rejeitados, será mais difícil aprovar novos.

7. Utilize sua conta apenas de um endereço de IP.

É sabido que o Facebook mantém um histórico das suas atividades de login, seja na sua conta pessoal ou em uma conta no Gerenciador de Negócios.  

Caso você entre em sua conta de várias localidades diferentes (seja um bairro, cidade ou país) sua conta será marcada.

8 - Diversifique o máximo possível.

Seja por um erro no algoritmo do Facebook ou por uma desatenção na hora de formular um anúncio, sabemos que a chance de receber um bloqueio é real até para os mais cuidadosos empreendedores digitais.

Sabendo disso, grande parte deles adotam uma estratégia que visa tornar cada um de seus anúncios o mais independente possível dos outros.

Dessa forma, caso um anúncio seja bloqueado, ele não afetará a reputação de outros e nem de outras contas.

Para isso, muitos utilizam as táticas abaixo:

1 - Dividir suas campanhas de anúncios em contas diferentes no Gerenciador de Negócios.

2 - Em cada anúncio, direcionar o cliente para um link diferente de sua landing page.

3 - Não carregar múltiplos pixeis de conversão de anúncios diferentes em uma mesma Landing Page.

Mas como faço isso?

Criar links diferentes da sua Landing Page para cada campanha e otimizá-la sem o pixel de conversão instalado parece uma tarefa impossível.

Na Upnid, recebíamos constantemente feedback de clientes que utilizavam nossa página de pagamento para vender seus produtos na Internet e estavam sofrendo bastante com bloqueios em suas contas no Facebook.

Por essa razão, decidimos pensar em uma solução que pudesse ajudá-los nesse sentido e criamos uma nova Integração com o Facebook Ads. Através dela possibilitamos que você adicione o pixel do Facebook sem precisar mexer em código e de uma forma que não acusará a existência de diversos pixeis na mesma página.

Não obstante, no final do processo ainda geramos links diferentes para sua Landing Page. Dessa forma você poderá usar um link em cada anúncio e evitar que o Facebook bloqueie todos de uma só vez.

Veja abaixo como é simples adicionar um Pixel do Facebook para seu produto cadastrado na Upnid.

a) Após adicionar seu produto na Upnid, entre em Integrações/Facebook e você poderá adicionar pixeis de conversão de diferentes anúncios para poder analisar e otimizar os resultados de suas campanhas.

Nós adicionamos seu pixel de conversão diretamente na página de pagamento do seu produto e permitimos que você customize para quais eventos (Compra aprovada, Boleto Gerado ou Visita na Página) deseja que enviemos a informação de conversão.

É possível inclusive que você selecione uma de suas landing pages, para que o pixel só seja carregado se o usuário também tiver passado por essa página anteriormente.

Assim você poderá otimizar os resultados de uma campanha específica no Facebook Ads apenas com os clientes que converteram por ela sem ter que adicionar o pixel diretamente na sua Landing Page nem mexer com código. Abaixo temos um exemplo de uma adição de Pixel em uma conta Upnid.

b) Após adicionar um novo pixel e salvar, geraremos um novo link para sua Landing Page. Assim basta copiar os novos links gerados e utilizá-los em seus diferentes anúncios.

Dessa forma você deixará seus anúncios mais independentes um do outro, e um possível bloqueio de um deles não resultará necessariamente no bloqueio dos demais.


Dessa forma, você conseguirá:

Em suma, para evitar as dores de cabeça causadas por bloqueios no Facebook Ads, concentre seus esforços em duas vertentes. Primeiro, garanta que suas campanhas de anúncios estejam estritamente dentro das regras divulgadas pelo Facebook. Em segundo lugar, esteja constantemente antenado em ferramentas do mercado que te permitam diversificar e tornar seus anúncios cada vez mais independentes entre si.