No post anterior falamos sobre as diferenças entre o e-commerce e o checkout como estratégia para as vendas do seu produto. Agora que você entendeu o que muda quando você opta por uma plataforma de checkout, vamos ao próximo passo: escolher a plataforma certa para você.

Para ajudar na sua decisão existem 9 coisas que você precisa saber na hora de optar pela plataforma ideal para o seu negócio:

1. Facilidade e transparência

Na sua pesquisa de mercado, um ponto muito importante a ser avaliado é a usabilidade da plataforma que você vai cadastrar seu produto. É indicado que você escolha por plataformas que tenham funções intuitivas, com interfaces simples e claras. Cuidado para não cair na ilusão de que uma plataforma completa é a que tem mais funcionalidades. (Pode ser que uma plataforma que apresente muitas funções atrapalhe mais do que ajude o desenvolvimento do seu negócio)

2. Implementação

Esse é um aspecto relevante, mas que nem sempre é considerado. Não trate a implementação da sua plataforma como uma simples etapa técnica ou burocrática. Busque entender quanto tempo você levará do primeiro contato com a empresa até a primeira venda. Pesquise as que não possuem custos de implementação, pois algumas cobram uma taxa de cadastro. E a sua intenção é equilibrar o investimento sem prejudicar a receita, certo?

3. Suporte especializado

Do mesmo modo que você deve disponibilizar um bom suporte para os seus clientes, é imprescindível que você também tenha essa comodidade oferecida pela plataforma.

Um atendimento rápido, que não te deixe esperando por horas, pode evitar perda de clientes e futuras dores de cabeça. O tempo médio de resposta da Upnid, por exemplo, é de apenas 4 horas enquanto outras plataformas do mercado chegam a 3 dias. Pense nisso como uma vantagem entre você e seus concorrentes na hora de escolher a sua.

Busque plataformas que tenham o menor tempo de espera; meios mais rápidos de te atender, como chats online; atendimento especializado que não te trate apenas como mais um número na fila de casos, e isso certamente irá influenciar no aumento de suas vendas. Afinal, pagamentos, de uma forma geral, necessitam de um cuidado extra.

4. Checkout de alta conversão

O que faz um checkout ter maior conversão do que outro? Hoje em dias existem inúmeros tipos de checkout, que muitas vezes apresentam etapas longas. Levam o cliente para páginas de terceiros, páginas de cadastros, ou até mesmo que dividem a compra em passos, mostrando informações em janelas separadas, quando poderiam estar todas na mesma tela.
Veja bem, esse não é o momento de pedir informações extras do seu cliente. Ele irá realizar a compra e você não deseja tirá-lo do fluxo.

A melhor decisão é optar por uma plataforma em que o link de pagamento não possua muitos campos de cadastro e que tenha a página personalizada para o seu negócio, causando a sensação no cliente de que está no mesmo ambiente o tempo todo. Existem pesquisas que apontam que esse tipo de checkout tem uma conversão 30% maior do que outros.

Além disso, você não precisa pensar em como melhorar a conversão do seu checkout sozinho, na Upnid, por exemplo, você conta com um time especializado que se dedica a estudar o site, analisar os resultados, e ainda desenvolver as melhorias necessárias para aumentar a sua performance.

5. Taxa de aprovação de crédito

Um fator interessante para levar em consideração é a taxa de aprovação de crédito das compras finalizadas. Você sabia que dentre outros motivos, muitos cancelamentos acontecem pela própria empresa do cartão do cliente por serem realizadas em sites sem qualificação? Garanta que você esteja contratando uma plataforma que tenha certificação e que apresente uma taxa de aprovação superior a outras.  

6. Estabilidade, velocidade de carregamento e segurança

O consumidor hoje, praticamente, exige velocidade de qualquer fornecedor ou software. Vivemos em uma sociedade multifuncional, o que faz as pessoas terem que tomar suas decisões no menor tempo possível. Porque isso é relevante? A velocidade de carregamento do link do seu produto influenciará consideravelmente na efetivação da compra. Um site lento cria uma fricção entre cliente e produto que gera até mesmo uma má impressão sobre a marca. Falando em números, quando sua página demora até 3 segundos a chance do cliente abandonar o processo de compra aumenta em 32%, e no pior cenário, demorando até 10 segundos essa porcentagem salta para 123% de chance.

A estabilidade do seu fornecedor também é importantíssima. Uma empresa que não apresenta recursos que evitem que sua página saia do ar está colocando em risco suas vendas.

7. Integração com Facebook

Um ponto que nem todas as plataformas apresentam é a integração com o pixel de vendas do Facebook. O que isso quer dizer? A Upnid, plataforma de checkout, permite que você integre o pixel do Facebook no seu site. Funciona resumidamente dessa forma: o cliente entra na sua página e vai até o carrinho, mas abandona a compra.  O pixel identifica o usuário com um número de identificação e grava o abandono nele. Mais tarde ao fazer um anúncio no Facebook você poderá criar uma audiência (conjunto de público) de pessoas que entraram no seu site e abandonaram o carrinho. Ou seja, você estará retomando o contato com um cliente que até então poderia ter sido perdido.  Você pode usar anúncios de incentivo, criando algum tipo de promoção ou desconto quando for impactar o cliente novamente.

8. Upsell de vendas a um clique

Preencher os dados de pagamento não é algo que o seu cliente goste muito de fazer na hora da compra. Agora, imagine que você queira oferecer produtos similares, ou complementares, ao que ele adquiriu, mas sabe que dificilmente ele vai querer ter o mesmo trabalho. A solução ideal para o caso é um upsell de vendas, isso é, um incremento na experiência de compra. De que modo isso ocorre? Na tela final do carrinho, aparece uma oferta especial para o cliente. Se ele optar por adquirir essa oferta, a compra é feita imediatamente com os mesmos dados que ele imputou da última vez. Ou seja, você terá em um esforço de venda, dois ou mais produtos vendidos.

9. Fique de olho em vantagens únicas!

A antecipação dos recebíveis das vendas e de parcelas futuras parecem distante de serem uma realidade. Mas existem sim plataformas, como a Upnid, que lhe oferecem essa vantagem em relação a outras. O quanto você pode evoluir e investir, se puder ter seu lucro em mãos quando você mais precisa? Não é algo comum no mercado, mas é feito por plataformas que pensam na sua evolução e querem se tornar seus parceiros de verdade.


Esperamos que essa lista de pontos importantes tenha te ajudado a escolher a melhor plataforma de checkout para o seu negócio. Nos próximos posts iremos responder ao questionamento que muitos empreendedores ainda possuem: “eu preciso ter uma loja virtual para vender meu produto online? “